GSP: “Nick Diaz errou em aceitar luta com Anderson Silva no peso-médio”

Foto: Getty Images

Último adversário de Nick Diaz e frequentemente citado numa superluta contra Anderson Silva durante sua carreira, o canadense Georges St-Pierre fez nesta quarta-feira sua análise do combate entre os dois, marcado para 31 de janeiro de 2015 em Las Vegas. Curiosamente, o ex-campeão dos pesos-meio-médios fez seus comentários no podcast do ex-lutador Chael Sonnen, famoso rival do Spider. Outra surpresa: GSP disse que consideraria Nick Diaz favorito… Se a luta fosse mais próxima de sua categoria original, meio-médio (até 77kg).
– Para falar a verdade, eu talvez favoreceria Diaz se fosse num peso-casado, porque, numa luta de cinco rounds, Diaz é um cara muito durável. Eu o vi em posições ruins, em muito perigo, e ele é muito, muito difícil de finalizar. Talvez tenha acontecido, mas eu não lembro de ver Diaz ser finalizado. Ele é muito durável. O jeito que vejo essa luta acontecendo agora é diferente, porque é no peso do Anderson Silva, e acredito que Diaz fez um erro em aceitar essa luta em 84kg. Ele devia ter pedido um peso-casado, seria mais justo. No começo da luta, acredito que o Silva terá uma vantagem. Mas acho que Diaz pode sobreviver, se ele conseguir “suportar a tempestade”, acredito que ele pode voltar forte no final, na parte final da luta, talvez no quarto e quinto round. Ele é um lutador muito durável e leva a luta a você. Ele fica constantemente falando contigo, e ele leva a luta num ritmo que nunca vi antes, e você se sente um pouco claustrofóbico. Você perde muita energia porque ele sempre está indo para frente. É muito duro enfrentá-lo – disse St-Pierre.
O canadense enfrentou Diaz em 16 de março de 2013 e venceu por decisão unânime, numa luta em que dominou de início a fim. Apesar disso, St-Pierre elogiou muito o ex-rival, especialmente suas habilidades no boxe.
– Acredito que Diaz é muito bom no boxe e acredito que muito de seu treino é puro boxe. Ele é provavelmente o melhor pugilista nas artes marciais mistas. Se você tornar a luta numa luta de boxe, tipo uma briga de boxe, acredito que ele vai vencer. Quando enfrentei Diaz, sabia que não podia fazer uma luta de boxe. Cortei os ângulos, mantive a distância e ditei quando ia para a troca de golpes. A fórmula é misturar com as quedas e com os chutes. Você tem de ser muito criativo e versátil quando luta com Nick Diaz – advertiu.
Uma das principais preocupações de GSP com Diaz é sua constante provocação aos seus adversários. O lutador californiano é conhecido por falar muito durante os combates e chamar os oponentes para a briga, e St-Pierre teve de tomar cuidado com isso.
– Cem por cento, ele disse muitas coisas. Ele é um lutador muito inteligente. Você conhece sua imagem e o personagem que ele tem, mas ele é muito esperto. Minha estratégia contra ele era não cair nisso, porque se eu caísse e entrasse numa briga, teria sido sua luta, teria feito sua luta e ele provavelmente teria vencido. Ele é o melhor nesse tipo de luta, é brigador, é nisso que ele está no seu melhor – afirmou.

FONTE: COMBATE.COMFOTO: Getty Images

Tags:  , ,