Big Fighters 3: Após belo espetáculo, Mauricio Big garante 4ª edição com lutas internacionais e disputas de cinturão

DSC_0575   A terceira edição do Big Fighters correspondeu as expectativas. Com mais de 2 mil pessoas  no ginásio Poliesportivo de Santa Cruz do Sul, os guerreiros do MMA e do Muay Thai deram um verdadeiro show de artes marciais para o público que lotou o ginásio.
O organizador do evento Mauricio Big Castilhos exaltou a presença do público e garantiu. “Em Novembro a 4ª edição contará com lutas internacionais e disputas de cinturão”.

Main event e a invencibilidade
Robson de Barros e Rodrigo Quetinelis fizeram o main event que marcou a disputa entre 2 invictos. O Atleta da Boxer MMA, Robson de Barros, entrou determinado e não deu chances para Quetinelis, partiu pra cima e após a luta ir pro chão venceu por TKO aos 2:21 do primeiro round. Robson está mais que credenciado para disputar o cinturão na próxima edição, pois possui 3 vitórias em 3 lutas no evento.
Robson é natural de Santa Cruz do Sul e levantou o público após mais uma bela vitória.

Russo bota seu jiu jitsu pra funcionar mais uma vez
Roberto Russo Thom mais uma vez foi impecável no Big fighters, o atleta de Santo Angelo não tomou conhecimento do seu adversário. Russo partiu pra cima com tudo, levou a luta para o solo e em pouco mais de 1 minuto encaixou um belo mata-leão forçando os 3 tapinhas do adversário.

O sucesso do Big Fighters vem do casamento das lutas, os confrontos foram marcados pela igualdade técnica e determinação dos atletas. As lutas foram cheias de emoção e muita trocação. As lutas emocionantes , tanto de MMA quanto de Muay Thai, viraram marca registrada do evento de Santa Cruz do Sul.

Resultados:

MUAY THAI
Dario Predador venceu Douglas Menna por decisão unânime
Alexsandro Ramos venceu João de Lima por decisão unânime

MMA
Robson de Barros venceu Rodrigo Quetinelis por TKO aos 2:21 do Round 1
Roberto Russo Thom venceu Geovaner Sobrinho por finalização (mata-leão) aos 1:56 do Round 1
Gean Lobor venceu Rafael Pereira por decisão unânime
Adriano Nascimento venceu Igor Mieres por decisão unânime
Leandro Soares venceu Alan Marques por decisão unânime
Felipe Gheno venceu Rafael Kruger por decisão unânime

« 1 de 39 »

 

Supported by Denver Jiu Jitsu and MMA Meltdown productions